26 de fev de 2018

A GRAÇA DE VIVER

Tenho cabelo crespo, barba branca, olheiras charmosas, idade meio avançada e nariz gigante. Fora as pintas pelo corpo, a timidez maluca, um calo aqui e outro ali, pouca bunda é muito ombro. Por que digo isso? Porque sei lá, não mudaria nada em mim, nem o que veio de fábrica e nem o que veio com o tempo. Me gosto do jeitinho que sou e me orgulho disso. E essa lição, é uma delicia de aprender com a vida. O chato é esse bombardeio de gente “especializada” que insiste em determinar o melhor peso, a roupa ideal ou o cabelo que favoreça a gente. O que esse povo sabe das nossas particularidades? Nada! O grande barato da vida é justamente o contrário: são as nossas descobertas e no fato de nos aceitarmos como somos sem cumprirmos regras impostas ou sugeridas. Viva a diversidade e as diferenças. Essa é a graça de viver. 

eu mesmo e meus defeitos/qualidades

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...